Via Metropolitana facilita acesso de baianos e turistas ao Litoral Norte

Data
Termos
Obras públicas

Já pensou em trocar um trajeto de 50 minutos, com engarrafamentos, por um passeio de oito minutos de pistas livres, economizando também combustível? A Via Metropolitana Camaçari - Lauro de Freitas, que liga a BA-526 à Linha Verde, oferece esta opção para baianos e turistas que viajam para o Litoral Norte da Bahia. 

O Governo do Estado investiu R$ 298 milhões na construção da rodovia, que possui 11 quilômetros de pistas, por onde trafegaram 62 mil veículos apenas no mês de novembro — uma média de dois mil veículos por dia. A tendência é que o movimento aumente no verão. 

Inaugurada em junho deste ano, a Via Metropolitana é também um novo vetor de desenvolvimento para a região, como explica o diretor-geral da Agerba, Eduardo Pessoa. “Já temos pedidos de instalação de dois postos de gasolina e um loteamento. Então, a região toda vai se desenvolver. Em breve, serão também licitadas as linhas de ônibus que vão trafegar pela rodovia. Desde a inauguração, o movimento vem crescendo até 15% por mês”.

A rodovia é composta por sete viadutos, quatro pontes, um túnel de acesso, canteiro central e uma praça de pedágio no sentido Salvador. Um dos acessos à Via Metropolitana é por meio da Rua Gerino de Souza Filho, em Lauro de Freitas, próximo à praça de pedágio (quem pagou pedágio na 099 não paga novamente ao passar por ali). 

Quem segue pela CIA-Aeroporto evita o engarrafamento do final da Avenida Paralela passando por São Cristóvão e ingressando na Via Metropolitana. Já quem vai de Praia do Forte em direção a Salvador deve acessar a Via Metropolitana próximo ao Clube da Caixa Econômica, em Portão.  

O empresário e motociclista Sidney Abreu utiliza a Via Metropolitana todos os dias. Antes, ele "tinha que fazer o trajeto passando pela Estrada do Coco, cortando Lauro de Freitas. Era engarrafamento, desgaste de veículo e mais combustível. Agora está uma maravilha. Inclusive é um trajeto que os motociclistas fazem sempre, em passeios em grupo, pois a estrada é boa e bem agradável”. 

Fonte: Secom Bahia